quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Vitória x Corinthians: mais de 10 mil ingressos vendidos para duelo no Barradão

Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
O Vitória anunciou que já foram vendidos pouco mais de 10 mil ingressos para o jogo contra o Corinthians, domingo (21), às 16h, no Barradão, válido pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. Até a última quarta (17), os bilhetes estavam com preços promocionais de R$ 10 para o setor de arquibancada. Agora, o ticket volta ao valor normal e custa R$ 40. Já a cadeira é oferecida por R$ 60. 

O torcedor pode adquirir o ingresso por meio do site do Futebol Card, nas bilheterias do Barradão e nas lojas oficiais do clube (Shopping Capemi, Shopping Center Lapa e Shopping Paralela).

 INGRESSOS PARA VITÓRIA X CORINTHIANS:

Quinta-feira (18): bilheteria do Barradão (9h às 18h) Shopping Capemi (9h30 às 18h30), Shopping Lapa (12h às 19h) e Shopping Paralela (12h às 19h).
Sexta-feira (19): bilheteria do Barradão (9h às 18h) Shopping Capemi (9h30 às 18h30), Shopping Lapa (12h às 19h) e Shopping Paralela (12h às 19h).
Sábado (20): bilheteria do Barradão (9h às 17h) Shopping Capemi (9h30 às 15h30), Shopping Lapa (12h às 19h) e Shopping Paralela (12h às 19h).
Domingo (21): bilheteria do Barradão (10h às 17h).

quarta-feira, 17 de outubro de 2018

Brasil ganha nos acréscimos da Argentina por 1x0

Waleed Ali/Reuters/Direitos reservados
O time entrou em campo com a base da equipe que esteve na Copa da Rússia: Alisson, Danilo, Marquinhos, Miranda e Filipe Luís; Casemiro, Arthur, Phillipe Coutinho; Neymar, Firmino e Gabriel Jesus. Dos atletas que disputaram as partidas no campeonato mundial, a novidade foi o volante Arthur, revelado no Grêmio e vendido ao Barcelona.

O primeiro tempo foi morno, sem muitas oportunidades. Miranda deu um susto ao atrasar a bola para Alisson na fogueira. Pressionado por Angel Correa, o goleiro afastou o perigo. Depois, o zagueiro quase marcou em chute que foi barrado pelo defensor argentino Ottamendi. No fim da primeira etapa, o Brasil teve uma boa chance com uma falta na entrada da área, mas o chute de Neymar ficou na barreira.

Jogo truncado
No segundo tempo, o jogo não teve grandes emoções. O Brasil teve bom domínio, mas a Argentina congestionou seu campo, dificultando a aproximação. Perto do fim, Casemiro bateu falta que desviou na barreira e quase enganou o goleiro portenho. O Brasil tentava, mas não conseguia levar perigo ao gol adversário. Nos acréscimos, em uma jogada de escanteio, Miranda subiu mais alto e venceu o goleiro Sergio Romero.

A vitória manteve o bom desempenho em amistosos após a eliminação nas quartas de final da copa, na derrota para a Bélgica, que fez a seleção terminar em 6º lugar. O desempenho da equipe comandada por Tite na Rússia foi bastante criticado por torcedores. Mas a Argentina teve atuação pior, ficando na 16a colocação depois de ser eliminada nas oitavas de final pela campeã, França, em um jogo de muitos gols (4x3).

Em setembro, o Brasil realizou dois amistosos, vencendo os Estados Unidos por 2 x 0 e El Salvador por 5 x 0. O próximo amistoso será contra o Uruguai, em novembro.
Agência Brasil  Brasília

domingo, 14 de outubro de 2018

Veja os gols de Bahia 2 X 0 Paraná

Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

O colombiano Fernando Uribe foi o grande nome do Fla-Flu do último sábado (13), no Maracanã. Dos três gols do Rubro-negro, ele marcou dois e deu fim a um jejum de quase três meses. Ao fim do jogo vencido pelo Flamengo por 3 a 0, ele comemorou e definiu este como o seu melhor jogo.

"Sim (meu melhor jogo pelo Flamengo). Precisava ganhar confiança aqui no Maracanã, com a nossa torcida. Essa vitória nos mantém na briga pelo título", afirmou.

Segundo ele, a responsabilidade na reta final do Campeonato Brasileiro também aumenta. 

"(Os gols dão) Mais tranquilidade, mas também mais responsabilidade para responder com boas atuações como hoje. Muito feliz. Necessitamos continuar crescendo assim para seguir na frente", indicou.

O Flamengou está na segunda posição, com 55 pontos conquistados.


Dorival Júnior compara Paquetá a De Bruyne e Modric: 'Valências importantes'

Foto: Gilvan Souza/Flamengo
Apesar de não ter sido o nome chave da vitória do Flamengo sobre o Fluminense por 3 a 0 no último sábado (13), o meia Lucas Paquetá, que está vendido ao Milan, foi alvo de elogios do seu treinador Dorival Júnior. Segundo o comandante, o jovem atleta tem qualidades semelhantes ao do croata Luka Modric e do belga Kevin De Bruyne, astros internacionais.

"Se assemelha muito do De Bruyne, ao Modric, pela mobilidade e participação, ora defensiva, ora ofensiva. É muito equilibrado", declarou o técnico, que elencou fatores positivos do jogador.

"Um jogador como o Paquetá tem valências importantes e equilibradas. Marca muito bem, arma muito bem e finaliza como poucos no futebol brasileiro", completou.

O atleta de 35 milhões de euros é peça importante para o Flamengo na briga pelo título brasileiro. A equipe, que tem 55 pontos, volta a jogar no próximo domingo (21), contra o Paraná, no estádio Durival de Britto.

Vasco vence Cruzeiro, quebra tabu de 12 anos e respira na luta contra rebaixamento por Folhapress

Foto: Rafael Ribeiro/ Vasco da Gama
O Vasco respirou na luta contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Com o apoio da torcida em São Januário, o cruzmaltino bateu o Cruzeiro por 2 a 0, neste domingo (14).

Os gols de Yago Pikachu e Maxi López findaram um tabu de 12 anos. O último triunfo dos cariocas em casa sobre os mineiros havia sido em 30 de julho de 2006 -foram seis derrotas e um empate nesse período.

O resultado levou o Vasco aos 34 pontos, na 13ª colocação. O Cruzeiro, concentrado na final da Copa do Brasil contra o Corinthians, soma 37 pontos e está na 9ª posição.

O JOGO

Em um jogo com marcação teoricamente reforçada no setor do meio de campo, o que se viu foram times com liberdade para jogar. Os três volantes cruzmaltinos não exerciam a pegada que a escalação induzia, de forma que que o Cruzeiro também esteve longe da firmeza no combate.

Quando as equipes chegaram, os goleiros quase entregaram. Aos 9min, David recebeu e bateu. A bola desviou em Werley e por muito pouco não surpreendeu Fernando Miguel, que tentava encaixar.

Aos 15, o goleiro Rafael saiu e não achou nada. Três minutos depois, ele se enrolou com o zagueiro Murilo, mas ficou com a bola no fim das contas.

Depois de um primeiro muito longe das expectativas em todos os aspectos, a torcida do Vasco não perdoou e vaiou muito o time ao apito do árbitro. Fabrício foi xingado e ouviu gritos para que o técnico Alberto Valentim o substituísse.

Na volta para os 45 minutos finais, o clima pesado continuou. O treinador chegou a se aproximar do vidro de proteção da arquibancada para pedir calma aos torcedores. Em campo, Fabrício conversava com os companheiros na tentativa de buscar apoio.

Vaiado, Fabrício iniciou a jogada e cruzou na área cruzeirense. Maxi López fez o corta-luz e a bola sobrou para Yago Pikachu estufar as redes. Na comemoração, os jogadores correram diretamente para Fabrício. Alberto Valentim vibrou muito. A partir daí, Fabrício passou a ser aplaudido pela torcida e foi assim até ser substituído por Giovanni Augusto.

O gol de Pikachu mudou o jogo. Pressionado na luta contra o rebaixamento, o Vasco teve tranquilidade para jogar estando com vantagem no placar. Ainda assim, o Cruzeiro não parou de jogar e ameaçou empatar em seguidas oportunidades. Sóbis e Murilo tiveram excelentes oportunidades e desperdiçaram.

Se o Cruzeiro não aproveitou as oportunidades, o Vasco teve o cenário que desejava para sacramentar uma vitória importante na luta contra o rebaixamento. Aos 24min, Maxi López roubou a bola de Lucas Silva e girou com categoria. O argentino deu um tapa de perna esquerda no canto direito de Rafael. Um belo gol para a festa da torcida cruzmaltina em São Januário.

Pelo Campeonato Brasileiro, os times voltam a campo no próximo final de semana. No sábado (20), o Vasco visita o Sport, às 19h. No domingo (21), o Cruzeiro recebe a Chapecoense, às 19h, no Independência.

Palmeiras vence o Grêmio no Pacaembu e segue isolado na liderança

Foto: Divulgação / Palmeiras
O Palmeiras venceu Grêmio por 2 a 0 neste domingo (14), no Pacaembu, e chegou aos 59 pontos, ainda na liderança isolada do Campeonato Brasileiro.

Os dois gols foram de Deyverson, um em cada tempo de partida. A derrota deixou o clube gaúcho distante do título, com 51 pontos, em quinto.

O Palmeiras abriu o placar aos 7min. Dudu invadiu a área e cruzou para Deyverson balançar as redes.

O alviverde continuou levando perigo ao adversário. Aos 13min, Diogo Barbosa cobrou falta pela direita e exigiu grande defesa do goleiro Paulo Victor.

Aos 26 minutos, o clube paulista chegou mais uma vez com tudo na área do Grêmio. Bruno Henrique finalizou, mas a defesa do Grêmio salvou em cima da linha e mandou para escanteio.

Aos 40min, Bruno Henrique tocou para Dudu na pequena área, mas o camisa 7 chutou nas mãos de Paulo Victor.

Na segunda etapa, o Grêmio tentou pressionar o Palmeiras em dois escanteios, mas não conseguiu levar perigo.

Aos 33min da etapa final, Deyverson roubou de Bressan, colocou na frente e chutou na saída de Paulo Victor para fazer 2 a 0.

Com os dois gols deste domingo, Deyverson chegou a 7 no Brasileiro.
Bahia noticias

Inter bate São Paulo e mantém vice-liderança do Brasileiro

Foto: Ricardo Duarte/Internacional
O Internacional virou contra o São Paulo na tarde deste domingo (14) e venceu por 3 a 1, no Beira-Rio. Liziero havia aberto o placar em Porto Alegre logo no começo, mas Leandro Damião fez dois, Nico López ampliou nos acréscimos, de pênalti, e deixou o time tricolor distante do título, com 52 pontos, em quarto. Os colorados foram a 56, na segunda colocação.
O JOGO
Com 2min de jogo, o São Paulo abriu o placar no Beira-Rio. Liziero aproveitou cruzamento da esquerda para fazer o primeiro -e único- gol tricolor da tarde.

Pouco tempo depois, aos 13min, Nico López empatou o duelo após troca de passes com D'Alessandro e Patrick, mas a arbitragem anulou o gol, para revolta do time colorado.

O Inter quase empatou de fato aos 30min. D'Alessandro comandou uma jogada ofensiva e a bola sobrou para Damião, que mandou de cabeça pela linha de fundo.

Após muita insistência, o time gaúcho empatou nos acréscimos da etapa inicial. Leandro Damião aproveitou cruzamento da direita e subiu sozinho na área do São Paulo para deixar tudo igual.

A virada veio logo no começo do segundo tempo. Leandro Damião aproveitou novo cruzamento na área e só empurrou para o gol do São Paulo, deixando o Inter na frente.

Com a vantagem no placar, colorado recuou. Com isso, o São Paulo teve duas boas chances, com Hudson e Nenê, mas não empatou por centímetros.

Nico López ampliou para o Inter nos acréscimos. Leandro Damião foi derrubado por Anderson Martins na área, e o uruguaio bateu o pênalti com força para fazer 3 a 1 no placar.