Wagner diz que está com medo de ódio contra nordestinos

O governador Jaques Wagner (PT) disse, em encontro de Dilma Rousseff (PT) com prefeitos baianos aliados, que está “chocado” e tem “medo” das consequências do discurso de opositores que criticam os nordestinos por terem votado na presidente.  “Vou dizer com muita pureza da alma: estou com medo. Esse país é respeitado lá fora porque aqui não tem briga religiosa, regional, não tem briga interna como tem em outros países (...) Não vamos destruir a paz interna desse país para tentar ganhar uma eleição”, defendeu, em discurso ao lado da candidata à reeleição, no palco do Museu do Ritmo.  Ele argumenta, aos que dizem que quem vota é “mal informado”, que o governo do partido implantou novas universidades e escolas técnicas. “Quem será o próximo objeto do ódio deles? Eu tenho medo”, repetiu. Wagner também disse estar “em alfa” porque ajudou a eleger Rui Costa (PT) como sucessor, já que ele venceu em 337 municípios baianos e Dilma perdeu em apenas um. “No único município que você não ganhou, eu estou indo lá semana que vem, porque quero que você ganhe em todos os municípios da Bahia”, promete. Na cidade de Buerarema, sul do estado, a presidente perdeu a liderança nas urnas para Aécio Neves (PSDB). O resultado pode ser justificado por um conflito indígena na região, que contraria moradores.
(Fonte Bahia noticias) 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

BARRA DO ROCHA: HOMEM É ASSASSINADO À GOLPES DE FACÃO EM FAZENDA

Vinícius faz golaço em empate do Real B, mas é expulso por simulação

'Um dos maiores da história', diz Petkovic sobre Júlio César