Ausências de Jaques Wagner e ACM Neto murcham cenário político na Stock Car

O sucesso do Stock Car na tarde deste sábado (15) não foi acompanhado pela efervescência política dos anos anteriores. Segundo políticos presentes, a dispersão dos figurões do evento se deu pela ausência do governador Jaques Wagner (PT), do governador eleito Rui Costa (PT) e do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), que vivem em uma relação política animosa por conta das ebulições eleitorais. Em viagem pelos municípios, Wagner deixou a responsabilidade de entregar os prêmios do pódio ao secretário de Turismo, Pedro Galvão, acompanhado do diretor do BahiaTursa, Diogo Medrado. Já no camarote da prefeitura, o centro dedicado ao descanso a Neto nem foi aberto. A assessoria de comunicação da prefeitura informou ao Bahia Notícias que o prefeito esteve, durante a tarde, em “agenda pessoal”. No camarote da prefeitura, o vereador Henrique Carballal (PT), em vestes confortáveis, era um dos poucos políticos presentes. Secretários e petistas apareceram no camarote do governo, o que inclui a deputada federal eleita Moema Gramacho (PT) e o líder no governo na Assembleia Legislativa Zé Neto (PT). O parlamentar justifica o momento “muito intenso” no cenário político nacional como principal motivo da ausência de Wagner no Stock Car. É esperado que, na próxima terça-feira (18), o governador da Bahia esteja em Brasília para uma conversa com a presidente Dilma Rousseff (PT). “Um dia ele está em São Paulo, outro está em Brasília, ele tá se movimentando”, comentou o deputado. Também presente no camarote do governo, o candidato derrotado Rogério Da Luz (PRTB) também observou que a edição teve menos adesão, sob olhar do cenário político por conta dos desfalques. 
(Fonte Bahia noticias)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

BARRA DO ROCHA: HOMEM É ASSASSINADO À GOLPES DE FACÃO EM FAZENDA

Vinícius faz golaço em empate do Real B, mas é expulso por simulação

'Um dos maiores da história', diz Petkovic sobre Júlio César