Ministro do Trabalho afirma que PDT segue com apoio ao governo, sem 'contrapartida'

Já em prévia despedida do cargo, o ministro de Trabalho, Manoel Dias (PDT), informou, em entrevista ao jornal O Estado de São Paulo, que o governo continuará tendo o apoio do seu partido. “Reafirmamos nosso apoio das nossas bancadas à presidente Dilma, e deixamos a ela a tarefa de achar o local onde o partido possa melhor colaborar. Não temos exigência de contrapartida”, salientou. Segundo o ministro, a Executiva e as bancadas da legenda no Congresso já se reuniram na semana passada. O titular da pasta também afirmou que acredita que os ministérios deverão ser renovados. “Provavelmente ela [a presidente Dilma] deve mudar muita coisa. É um novo governo. A campanha dela tinha o slogan 'novo governo, novas ideias'. Então ela deve montar um novo governo. Nós vamos aguardar a decisão dela. Eu gostei de ser ministro, foi uma honra ser ministro, mas já fui. Nesse período que estive lá, procurei fazer tudo aquilo que eu criticava nos outros”, afirmou Dias, em entrevista coletiva concedida no Rio de Janeiro. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

BARRA DO ROCHA: HOMEM É ASSASSINADO À GOLPES DE FACÃO EM FAZENDA

'Um dos maiores da história', diz Petkovic sobre Júlio César

Vinícius faz golaço em empate do Real B, mas é expulso por simulação