PSB DECIDE HOJE POSIÇÃO JUNTO AO GOVERNO DILMA

Pernambuco 247 - A ala pernambucana do PSB deverá ter uma influência considerável na decisão que o partido tomará nesta quinta-feira (27) para definir o seu posicionamento junto ao Governo Federal. Ocupando diversos cargos na Executiva da legenda, os pernambucanos têm defendido que a legenda mantenha uma posição de independência junto ao Governo Federal, evitando um retorno a base governista mas sem manter um alinhamento automático com o PSDB. O partido também não deverá aceitar cargos no segundo mandato da presidente Dilma Rousseff.
Os socialistas desembarcaram da base governista em setembro do ano passado, quando o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, falecido em um acidente aéreo em agosto deste ano, lançou-se candidato à Presidência da República. No segundo turno, o PSB apoiou a candidatura presidencial do senador mineiro Aécio Neves (PSDB). Após a derrota de Marina Silva, que substituiu Campos após a sua morte, a ala pernambucana, juntamente com a família do ex-governador, influenciaram significativamente a decisão do partido no apoio a Aécio.
Dentre os cargos ocupados pelo PSB pernambucano na Executiva do partido estão a vice-presidência nacional, com o governador eleito Paulo Câmara, a primeira-secretaria nacional, com o prefeito do Recife, Geraldo Julio. O atual governador João Lyra, o ex-ministro e senador eleito Fernando Bezerra Coelho e o ex-secretário de Governo Milton Coelho, também fazem parte da cúpula nacional da legenda.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

BARRA DO ROCHA: HOMEM É ASSASSINADO À GOLPES DE FACÃO EM FAZENDA

'Um dos maiores da história', diz Petkovic sobre Júlio César

Vinícius faz golaço em empate do Real B, mas é expulso por simulação