TRE desaprova contas da campanha eleitoral de Marcelo Nilo

As contas da campanha eleitoral de 2014 do presidente da Assembleia Legislativa (Al-Ba), Marcelo Nilo (PDT), foram desaprovadas por laudo técnico do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-Ba). O parecer expedido na última semana aponta diversas irregularidades na prestação de contas do deputado. Entre as “falhas de natureza formal”, ao menos três comprovantes não possuíam a assinatura do doador, o que inclui um repassado pelo governador eleito Rui Costa (PT) no valor de R$464,75 e outro da deputada estadual Maria Luiza Laudano (PSD), que discrimina a doação de R$ 6.555. Além disso, diversas doações detectadas foram recebidas em data anterior à entrega da segunda prestação de contas parcial, porém, não foram informadas na época. Algumas despesas seguiram a mesma irregularidade e foram ocultadas da prestação de contas no primeiro momento, o que inclui os gastos com serviço de contabilidade e consultoria jurídica. No final, o parlamentar declarou uma receita de R$ 1.166.584,16 para o financiamento de sua campanha. Nilo foi o deputado estadual mais votado na Bahia, com o total de 148,7 mil sufrágios. Atualmente, ele tenta se manter na presidência da Al-Ba em disputa na sucessão do cargo, onde ele já permanece por quatro mandatos. Leia o pareceraqui

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

BARRA DO ROCHA: HOMEM É ASSASSINADO À GOLPES DE FACÃO EM FAZENDA

'Um dos maiores da história', diz Petkovic sobre Júlio César

Vinícius faz golaço em empate do Real B, mas é expulso por simulação