Dezenas de nigerianos e camaroneses são sequestrados em ataques do Boko Haram

Dezenas de pessoas foram mortas ou sequestradas durante novos ataques do grupo radical islâmico Boko Haram a cidades e aldeias de Camarões e da Nigéria, neste domingo (18). Os números ainda são incertos, pois enquanto alguns veículos informam que ao menos 60 camaroneses estão em poder dos extremistas, outros noticiam que o número de sequestrados ultrapassa 80. As autoridades camaronesas ainda não divulgaram qualquer informação em suas páginas na internet. Segundo a polícia, mulheres e crianças formam a maioria dos camaroneses sequestrados durante o ataque a duas aldeias do distrito de Mokolo. Além disso, várias pessoas foram mortas e moradias, incendiadas. Já na Nigéria, as primeiras notícias dão conta de que pelo menos quatro pessoas foram mortas e 50 ficaram feridas devido a um atentado suicida em Postikum, no estado de Yobe, na Região Nordeste do país. Segundo jornais locais, um homem-bomba lançou o carro que dirigia contra outros veículos e, na sequência, houve a explosão. O suposto atentado ocorreu próximo a uma rodoviária. Vários feridos foram levados a hospitais próximos em estado grave. Até o momento, nenhum grupo reivindicou a autoria do ataque, mas, segundo a imprensa local, a suspeita recaiu imediatamente sobre o Boko Haram, já que o grupo está sediado na região.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

BARRA DO ROCHA: HOMEM É ASSASSINADO À GOLPES DE FACÃO EM FAZENDA

'Um dos maiores da história', diz Petkovic sobre Júlio César

Vinícius faz golaço em empate do Real B, mas é expulso por simulação