Polícia apreende baterias usadas por empresas de telefonia em veículos automotivos

A Polícia Civil apreendeu 30 baterias estacionárias, utilizdas por empresas de telefonia, numa festa no Espaço Camaçari 2000, no último domingo (18). As baterias eram usadas no som dos carros de Alan Diego Gonçalves Pimentel, José Gomes da Silva, Jailton dos Santos Morais e Josué de Sá Santos Morais. De propriedade das empresas Vivo, Claro, OI e Tim, as baterias estacionárias alimentam as torres de transmissão e impedem a interrupção dos serviços de comunicação. Na festa em Camaçari, as peças foram utilizadas indevidamente para potencializar a audição das músicas. De acordo com a Polícia Civil, empresas de telefonia têm registrado ocorrências de furtos desse material em suas instalações. Os quatro presos, no entanto, disseram que adquiriram o material em cidades do interior da Bahia. As peças foram encaminhadas para exames periciais no Departamento de Polícia Técnica (DPT). Desde novembro do ano passado, a polícia civil já recuperou 70 baterias estacionárias em Salvador. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

BARRA DO ROCHA: HOMEM É ASSASSINADO À GOLPES DE FACÃO EM FAZENDA

'Um dos maiores da história', diz Petkovic sobre Júlio César

Vinícius faz golaço em empate do Real B, mas é expulso por simulação