Rosemberg decide por não judicializar reeleição de Nilo, diz coluna

Em reunião marcada para saber qual será a atitude do PT diante da reeleição de Marcelo Nilo (PDT) para a presidência da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), o líder da bancada Rosemberg Pinto (PT) escolherá pela não judicialização. A informação é da coluna Tempo Presente, do jornal A Tarde. Desde a reeleição de Nilo, os petistas alegam que o pleito foi inconstitucional e ameaçam o pedetista com uma possível ação na Justiça. Contudo, o executivo, com gestão do governador Rui Costa (PT), estava em vias de desestimular a ação do partido. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

BARRA DO ROCHA: HOMEM É ASSASSINADO À GOLPES DE FACÃO EM FAZENDA

'Um dos maiores da história', diz Petkovic sobre Júlio César

Vinícius faz golaço em empate do Real B, mas é expulso por simulação