Servidores da Uesb interditam campus de Conquista e protestam contra salários atrasados

Funcionários tercerizados da Universidade do Sudoeste da Bahia (Uesb) interditam na manhã desta quinta-feira (26) o portão principal de acesso ao campus em Vitória da Conquista. Os trabalhadores, representados pelo Sindicato dos Trabalhadores em Limpeza do Estado da Bahia (Sindilimp-BA), reclamam atraso salarial da categoria que atua na administração, limpeza e manutenção da UESB. “Os trabalhadores das três empresas estão sem receber salários e férias. O pessoal que saiu de férias retornou com salários em atraso e sem receber o valor das férias”, disse o sindicalista Luciano Souza Almeida ao Blog do Anderson. Segundo o representante, os funcionários também se queixam do não repasse de tickets de alimentação e de vale transportes. Almeida também declarou que a UESB ficou de liberar R$ 80 mil nesta sexta-feira (26), mas que só deve atender ao campus de Jequié, o que deixa os trabalhadores de Conquista e Itapetinga sem receber os benefícios.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

BARRA DO ROCHA: HOMEM É ASSASSINADO À GOLPES DE FACÃO EM FAZENDA

'Um dos maiores da história', diz Petkovic sobre Júlio César

Vinícius faz golaço em empate do Real B, mas é expulso por simulação