Governo pede à CUT para cancelar manifestações na próxima sexta-feira

O governo federal entrou em contato com a Central Única dos Trabalhadores (CUT) para que as manifestações marcadas para a próxima sexta-feira (13) sejam canceladas. De acordo com o jornal O Globo, o pedido foi feito "reiteradas vezes" pelo ministro da Secretaria Geral, Miguel Rossetto, para que não haja comparação com os protestos contrários ao governo marcados para o domingo (15). "Será muito ruim se os protestos da CUT levarem 500 pessoas para as ruas e as manifestações do dia 15 levarem milhares. Para efeito de comparação será constrangedor", afirmou um integrante do governo ao Globo. Apesar da pressão, a CUT ainda tem intenção de manter a sua mobilização. O governo vem monitorando a mobilização para os protestos nas redes sociais, mas trata como incógnita o número de pessoas que devem se engajar.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

BARRA DO ROCHA: HOMEM É ASSASSINADO À GOLPES DE FACÃO EM FAZENDA

'Um dos maiores da história', diz Petkovic sobre Júlio César

Vinícius faz golaço em empate do Real B, mas é expulso por simulação