Lava Jato: Diretores do BB mostram 'cenário alarmista' a Janot em caso de punições severas

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, às vésperas de divulgar a lista dos políticos envolvidos com o esquema investigado pela operação Lava Jato, tem demonstrado ansiedade e abatimento por conta da pressão sofrida nos últimos dias. A informação, de acordo com a coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo, é de amigos do procurador. Ainda segundo a coluna, Janot já havia enfrentado esta pressão em 2014, quando teria se reunido com diretores do Banco do Brasil a pedido do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. No encontro, ocorrido no dia 24 de novembro, os executivos fizeram apresentações e entregaram relatórios que indicavam um cenário alarmista a depender das sanções econômicas aplicadas às empreiteiras implicadas, que poderiam afetar o crescimento do país, com efeitos estendidos a diversos setores de produção.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

BARRA DO ROCHA: HOMEM É ASSASSINADO À GOLPES DE FACÃO EM FAZENDA

Vinícius faz golaço em empate do Real B, mas é expulso por simulação

'Um dos maiores da história', diz Petkovic sobre Júlio César