Ronda Maria da Penha marca o Dia da Mulher

O lançamento da Ronda Maria da Penha e diversas atividades culturais marcaram o Dia da Mulher em evento no Dique do Tororó. Logo às 7h, a caminhada "Mulher, Saúde e Liberdade" deu início às comemorações e contou com a participação de centenas soteropolitanas. Estavam presentes na solenidade o governador Rui Costa, que assinou o termo de cooperação para a Ronda, além do secretário de Segurança Pública da Bahia, Maurício Barbosa e a atual secretária estadual de Políticas para as Mulheres (SPM), Olívia Santana.

A Ronda Maria da Penha é uma ação integrada entre as secretarias de Segurança Pública (SSP), de Política para as Mulheres, Defensoria Pública, Ministério Público e Tribunal de Justiça e será iniciada no Subúrbio Ferroviário de Salvador, região que atualmente representa 60% dos chamados no 190 para atender violência doméstica.

Em discurso, o governador Rui Costa disse prezar pela paz no convívio familiar. "Esperamos que todos nós, juntos com a sociedade, possamos trabalhar para que estas ocorrências sumam das estatísticas". O secretário de SSP Maurício Barbosa explicou a ação da Ronda. "Por meio de visitas vamos fazer um trabalho preventivo de conversas com as famílias, com as mulheres que são vítimas de violência doméstica, para evitarmos que haja a continuidade dos casos", disse.
Para a secretária de Políticas para as Mulheres, Olívia Santana, a medida deve inibir a violência de gênero. "O objetivo é garantir a proteção. A mulher vai saber que estará protegida e o agressor vai saber que se errar não vai ficar impune". Para a comandante da ronda, capitã Ana Paula Queiroz, o acompanhamento vai encorajar às mulheres a denunciarem. "Acredito que esse acompanhamento vai encorajar as mulheres a manter suas denúncias. A partir de agora, as mulheres saberão que após o deferimento da medida protetiva, serão acompanhadas".
Atividades 

Diversas atividades deram sequência às celebrações ao Dia da Mulher, como aulas de dança e serviços gratuitos de saúde e beleza, entre eles, massagem, aferição de peso e pressão aterial, medição de glicose sanguínea, maquiagem e penteado, vacinações de prevenção à Hepatite B, trípice viral, DTPA e antitetânica. E mantendo o clima de homenagens, a secretária da SPM Olívia Santana disse que "as mulheres querem ser homenageadas, cuidadas. E o 8 de março é o dia delas, representa a nossa luta por respeito".

Para encerrar as homenagens, o Dique do Tororó virou palco para aulas de zumba e ritmos, rodas de capoeira de mulheres e a apresentação cultural da Banda Didá. Além da Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM), o evento contou também com o apoio das secretarias de Comunicação (Secom), Saúde (Sesab), Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) e Desenvolvimento Rural (SDR), a Superintendência de Desporto da Bahia (Sudesb), da Bahiagás, da Coelba e da Embasa.
(Fonte A Tarde)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

BARRA DO ROCHA: HOMEM É ASSASSINADO À GOLPES DE FACÃO EM FAZENDA

'Um dos maiores da história', diz Petkovic sobre Júlio César

Vinícius faz golaço em empate do Real B, mas é expulso por simulação