Sem Suárez, Cavani admite ser referência uruguaia e minimiza confronto contra o Brasil


Sem a presença de Luis Suárez, suspenso, Cavani será a referência no ataque do Uruguai para enfrentar o Brasil, às 20h desta quinta-feira (21), pela 13ª rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo, no Estádio Centenário, em Montevidéu. 
Para o centroavante, este confronto não terá uma atenção especial, apesar da situação próxima na tabela de classificação. "Nós encaramos como qualquer outra partida, com aplicação que sempre demonstramos em cada jogo, com o compromisso e aplicação que costumamos ter nas partidas das eliminatórias", ponderou, em entrevista coletiva.
Para o camisa 9 uruguaio, assumir o papel de referência da equipe não é um problema. "Eu encaro com a seriedade de sempre, assumo a responsabilidade de ser uma das referências desse grupo. A melhor maneira é assumir isso e me preparar para ir ao campo e acertar tudo. Mas é futebol, muita coisa pode acontecer. Sei que todos esperam o melhor de mim, até porque vivo meu melhor momento no clube [PSG]", opinou.

Na tabela da competição, o Brasil lidera, com 27 pontos. O Uruguai vem atrás, na vice-liderança, com 23 pontos conquistados.
www.bahianoticias.com.br/esportes

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

BARRA DO ROCHA: HOMEM É ASSASSINADO À GOLPES DE FACÃO EM FAZENDA

'Um dos maiores da história', diz Petkovic sobre Júlio César

Vinícius faz golaço em empate do Real B, mas é expulso por simulação