Grêmio e Cruzeiro querem vantagem na 1ª semifinal da Copa do Brasil

© LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA
Para garantir a meta, o técnico Renato Gaúcho - que fez mistério sobre a escalação e fechou o último treino do grupo, nesta terça-feira - deverá ter força máxima em campo
Garantir uma boa vantagem parece ser o principal objetivo de Grêmio e Cruzeiro para a primeira partida da semifinal da Copa do Brasil, nesta quarta-feira, às 21h45, na Arena Grêmio, em Porto Alegre. As equipes reeditarão a semifinal do torneio no ano passado, que terminou com a classificação do time tricolor gaúcho - que se sagraria campeão do torneio em final contra o Atlético Mineiro - sobre a equipe celeste.
Os discursos de ambos os lados convergem para uma conclusão: a necessidade de terminar a primeira metade desta "decisão de 180 minutos" com um bom resultado. Especialmente do lado gremista, pois um tropeço em casa tornaria a missão de avançar na competição ainda mais difícil, conforme destacou o atacante paraguaio Lucas Barrios.
"O nosso pensamento é um só: de levar uma vantagem para BH, independentemente de ser 1 a 0 ou 2 a 0. A gente tem que levar de alguma forma uma vantagem. Mas é uma semifinal, jogo decisivo, adversário que joga em altíssimo nível. Então, a gente tem que atacar bem e defender super bem para não levar gol", disse o atacante.
Para garantir a meta, o técnico Renato Gaúcho - que fez mistério sobre a escalação e fechou o último treino do grupo, nesta terça-feira - deverá ter força máxima em campo. A única ausência será o volante Maicon, experiente jogador de 31 anos que sente dores no tendão de Aquiles do pé esquerdo. Michel deverá ocupar a posição.
No Cruzeiro, o técnico Mano Menezes também despistou quando questionado em entrevista coletiva sobre a estratégia para enfrentar os gaúchos. No entanto, o comandante celeste deixou claro que o time não terá uma atitude típica dos clubes que visam "garantir o resultado" fora de casa para decidir a classificação dentro de seus domínios. E promete uma postura ousada.
"Se o Cruzeiro fizer o que fez o Atlético Paranaense aqui (em Porto Alegre), não tem vantagem nenhuma em decidir o segundo jogo em casa (o time de Curitiba perdeu por 4 a 0). Se o Cruzeiro fizer o que fez em São Paulo, diante do São Paulo (vitória por 2 a 0), terá uma vantagem boa para decidir o segundo jogo em casa.Quem quer passar não pode jogar só 90 minutos", afirmou o treinador.
Grêmio e Cruzeiro são os maiores vencedores da Copa do Brasil. A equipe gremista já conquistou cinco edições do torneio (1989, 1994, 1997, 2001 e 2016), enquanto que os cruzeirenses foram campeões em quatro oportunidades (1993, 1996, 2000 e 2003). Em 2016, o Grêmio venceu o Cruzeiro por 2 a 0, em Belo Horizonte, e empatou a partida de volta (0 a 0), em Porto Alegre.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

BARRA DO ROCHA: HOMEM É ASSASSINADO À GOLPES DE FACÃO EM FAZENDA

'Um dos maiores da história', diz Petkovic sobre Júlio César

Vinícius faz golaço em empate do Real B, mas é expulso por simulação